PIB MAIRIPORÃ ---- Escola Bíblica Dominical ( EBD)
Escola Bíblica Dominical _____________________________________________________________________________ Página Inicial
 
Estudos:
 
EBD 1
EBD 2
EBD 3
EBD 4
EBD 5
EBD 6
EBD 7
EBD 8
EBD 9
EBD 10
EBD 11
EBD 12


Índice
EBD 6 - A Despedida do Líder


10/02/2008

Texto bíblico: Josué 23 e 24
Texto áureo: Josué 24.15

Desenvolvimento do estudo

1. No capítulo 23, alvo do estudo de hoje, Josué percebe que estava próximo o momento de despedir-se de seu povo, então resolve transmitir suas últimas orientações e considerações. O seu ciclo de vida vai encerrar-se.

2. Todo o texto deste capítulo é uma palavra de advertência e cuidados do grande líder que via chegar o seu momento de despedir-se do povo. Diante da grande trajetória que cumprirá com o povo na conquista e ocupação da terra, ele sentia a necessidade de despedir-se, alertando para o futuro.

3. Ler Josué 23.6, versículo-chave do capítulo:

“Esforçai-vos, pois, para guardar e cumprir tudo quanto está escrito no livro da lei de Moisés, para que dela não vos desvieis nem para a direita nem para a esquerda”(Js 23.6).
4. Pergunta: De que forma este versículo nos atinge como povo de Deus? (Da mesma forma que Israel, nós, os crentes de agora, também somos conclamados por Josué a esforçar-nos para buscar a vontade de Deus em nosso viver, lutar contra o pecado que procura nos envolver, crescer espiritualmente sempre em nossos dias.)

5. Ler Josué 23.2.
Observamos a dimensão de responsabilidade que Josué sentia por sobre o seu trabalho que, poderia ser considerado como concluído, mas sobre o qual ele queria ainda agir para boa continuidade do mesmo.

6. Há necessidade de não se eternizar no poder e preparar seguidores para novas lideranças.

7. Ler Josué 23.8-11.
Nestes dois pequenos versículos, Josué sintetiza tudo que poderia servir de orientação e aconselhamento a Israel.

8-Ler Josué 24.19
A solene advertência feita por Josué ao povo. Motivo da advertência – Provocar o povo a ter muita seriedade na resposta que lhe iria dar.
Resposta do povo – “Serviremos ao Senhor nosso Deus e obedeceremos à sua voz”.

10. Compare os eventos marcantes da vida de Moisés e Josué que se exprimem de forma a mostrar ao povo que, da mesma forma como “estivera com Moisés, assim estaria agora com Josué” (1.5) :

Eventos marcantes na vida de Moisés Eventos marcantes na vida de Josué
Diante de Moisés, o Mar Vermelho vai se abrir. 'Diante de Josué, é o Jordão que se abre.
Em face da oração incessante de Moisés, o povo vence os amalequitas. 'Josué vai orar e o sol e a lua vão deter-se, para que lê vença os amorreus.
Ao bater a vara na pedra, Moisés faz dela jorrar água. 'Ao ordenar Josué que o povo gritasse, os muros de Jericó desabaram.

11. Ler Josué 24.15. O grande líder sente que o seu Am se aproxima. Conhecendo aquele povo há muito tempo e vendo agora como cada uma das tribos, em separado, se comportava na ocupação da terra, sente a necessidade de desafiá-las a uma vida na presença do Senhor. Sabe que as influências estrangeiras estão presentes e, mais do que nunca, sabe da importância de chamar o povo à sua responsabilidade como a nação escolhida.

O desafio de Josué ao povo: sua palavra é de uma determinação impressionante. Desafia as tribos a fazerem a decisão necessária. Para aquele povo, dado o seu passado e a construção de sua história, só havia uma opção a tomar. Diante, porém, das influências estranhas que se faziam presentes, oriundas dos povos vizinhos que eles permitiram que co-habitassem na terra prometida, a decisão corajosa e resoluta tinha que ser tomada. No entanto, para ele, não havia escolha: “Escolhei hoje a quem haveis de servir... Porém eu e a minha casa serviremos ao Senhor”.

O desafio de Josué a nós hoje: diante de tantas influências que recebemos do mundo para o nosso viver, a nossa decisão deve ser tal qual à de Josué: “Eu e a minha casa serviremos ao Senhor”.
Qual tem sido a decisão de vida para cada um de nós, pessoalmente, e para a nossa família? Corajosa e resoluta como a do grande líder?

Para terminar

Oremos em prol daqueles que, por um motivo ou outro, precisam passar as rédeas da liderança. Que tenham sabedoria para despedir-se alertando de forma responsável o futuro dos liderados.

_________________________________________________________________


10/02/2008
 
 
Primeira Igreja Batista em Mairiporã   www.pibmairipora.com.br