PIB MAIRIPORÃ ---- Escola Bíblica Dominical ( EBD)
Escola Bíblica Dominical _____________________________________________________________________________ Página Inicial
 
Estudos:
 
EBD 1
EBD 2
EBD 3
EBD 4
EBD 5
EBD 6
EBD 7
EBD 8
EBD 9
EBD 10
EBD 11
EBD 12


Índice
EBD 2 - As Conquistas do Povo de Deus

 

13/01/2008

Texto bíblico: Josué 3; 4; 5; 8; 10; 11; 12.7-24
Texto áureo: Josué 3.5

Desenvolvimento do estudo

1 – A santificação (Js 3)
• Tema principal – A santificação.
• Versículo chave – “Santificai-vos que amanhã o Senhor fará maravilhas no meio de vós”.
• Exegese – Quando o Senhor nos promete “maravilhas” para o nosso “amanhã” é efetivamente muito expressivo. Foi isto que aconteceu ao povo de Deus no início da conquista, quando a travessia do Jordão parecia, para eles, algo impossível ou pelo menos difícil de realizar.
• Principal promessa – Estes versículos nos sugerem crescimento, vitória, resultados positivos em nossos empreendimentos. Lembremo-nos, no entanto, que as “grandes maravilhas” da promessa de Deus estão condicionadas a um mandamento inicial. A palavra é tão forte para o povo de Deus do passado bíblico, que vem expressa, inclusive, no imperativo: “Santificai-vos”.

2 – Monumentos que significam algo (Js 4)
• Resumo do capítulo – A vida religiosa, que aquele povo começava a conhecer, precisava de certos símbolos e figuras que evocassem realidades espirituais maiores: doze homens, doze tribos, doze pedras do Jordão e a construção de uma coluna de pedras, uma espécie de monumento que celebrasse a passagem maravilhosa do Jordão, Tudo isso para que, no futuro, quando por ali passassem os filhos dos filhos de Israel, eles pudessem se lembrar que as águas do rio se abriram e o povo de Deus, ainda que o rio transbordasse em todas as suas margens, atravessara a pé enxuto para a outra banda.
• Aplicação para a nossa vida – Que memorial estamos constituindo para o nosso viver? Quais são as “colunas de pedia” que estamos levantando em nossa vida? Que lembranças espirituais guardamos para o nosso amanhã? O que as gerações futuras dirão acerca de nós?

3 – O término de uma bênção (Js 5)
• Assunto principal – Término de uma bênção.
• Resumo do assunto principal – O povo de.Deus celebrou, por certo tempo com alegria, a páscoa marcando o início de um novo tempo na terra em conquista. Naquele mesmo dia, a dádiva do maná se encerra, e o povo, pelo menos em termos de registro bíblico, não é levado a manifestar uma mesma celebração por algo que 1hes fora de inestimável valia durante todo aquele tempo.
• Erro que devemos evitar – Que uma determinada bênção, porventura encerrada, não seja motivo de lamentação em nossa vida, mas de alegria e gratidão. Em geral, somos levados a comemorar o início de uma bênção, ou seja, damos graças a Deus e manifestamos nosso louvor a ele na celebração de alguma vitória alcançada.

4 – A derrota que se transforma em vitória (Js 8)
• Assunto principal – A vitória na cidade de Ai.
• Resumo do assunto principal – Aquilo que tinha sido a sua derrota em Ai será, agora, da mesma forma como da vez anterior, a sua vitória. Aquilo que tinha sido motivo de vergonha para o grande líder Josué, a fuga do exército que havia sido enviado àquela cidade, será agora por Deus usado como a estratégia que 1hes possibilitará a vitória.
• Aplicação para a nossa vida – Não podemos ficar sucumbidos diante dos destroços de um fracasso ou de uma queda na vida. Temos que tirar da derrota as lições para a nossa recuperação e retorno.

5 – Um dia diferente (Js 10)
• Assunto principal – Milagre na batalha contra os amorreus.
• Resumo do assunto principal – Depois da travessia do Jordão, que lembrava a do Mar Vermelho, agora a batalha contra os amorreus, lembrando a luta do exército de Israel contra os amalequitas no deserto. Agora, foi Josué que orou pedindo a Deus que o sol e,a lua se detivessem até que a batalha chegasse ao seu fim com a vitória esperada. A Bíblia não registra o que o povo fez para dar testemunho de sua gratidão pela bênção recebida mas, o simples registro escriturístico é categórico: “não houve dia semelhante a esse, nem antes nem depois dele, atendendo o Senhor assim à voz dum homem”.
• Lição central – Devemos registrar as bênçãos maiores que nos cercam. Dar a Deus o devido louvor e gratidão por tais epopéias e nunca esquecermos de louvar e agradecer ao Senhor.

6 – Como entender a vontade de Deus (Js 11).
• Assunto principal – Como entender a vontade de Deus.
• Resumo do capítulo principal – Como entender que, vindo de Deus o prop6sito do “endurecimento daqueles corações”, poderiam eles escapar? Se Deus mesmo não lhes permitiu pensar de outra forma, como poderiam esses povos escapar da morte? Seria o Senhor, então, o responsável maior por aquele genocídio? A forma de dizer do escritor sacro foi de que “veio do Senhor o endurecimento”, mas na realidade é que sob o conhecimento de Deus, em sua onisciência e presciência, este endurecimento advinha do próprio afastamento em que viviam dos princípios divinos para a vida. Deus sabia disto e, por isso, desde o início, dissera a Moisés que eles precisavam ser expulsos da terra. Não que o Senhor desejasse o mal para eles mas, sim, que o pecado deles isso exigia.
• Lição central – Temos que nos lembrar sempre que a vontade de Deus é a melhor para o homem.

7 – A conquista chega ao fim (Js 12.7-24)
• Resumo do capítulo – A citação que temos neste capítulo dos trinta e um reinos que foram vencidos por Josué e seu exército encerra o epis6dio da conquista da terra, para dar início à ocupação propriamente dita, com a divisão que será feita das terras pelas tribos de Israel. A luta continuaria, só que, agora, de forma diferente. Não mais o povo todo em combate para desalojar os inimigos mas, sim, tribo por tribo, para cada uma, em sua região respectiva, ocupar a terra, construindo suas habitações, cidades, plantações, começando assim a vida em comunidade integrada.
• Lição central – Resposta individual.

Para terminar - Pergunta:

a) Quais são as maiores conquistas do evangelho nos dias atuais? b) Quais são as maiores conquistas da sua vida nos dias atuais?

Encerramos com uma oração de agradecimento a Deus pelas grandes bênçãos que temos alcançado.


 

__________________________________________________________________


13/01/2008
 
 
Primeira Igreja Batista em Mairiporã   www.pibmairipora.com.br