PiB Mairiporã - Estudo Bíblico
Prof Orlando
 
•• EBD - Jeremias um Mensageiro (21Out)
EBD - Lamentações um grito de esperança ( 28Out)
EBD - O preço da Justiça (04 Nov)
EBD - Ezequiel e o seu tempo (11 Nov)
EBD - É Preciso Lutar contra o Orgulho ( 18 Nov)
EBD - Oque se espera do povo de Deus (25 Nov)
EBD - A Esperança da presença constante de Deus (02 Dezembro)

 

 

2 de dezembro/07


A ESPERANÇA DA PRESENÇA CONSTANTE DE DEUS

Texto bíblico: Ezequiel 47 e 48
Texto áureo: Ezequiel 47.8,9

Objetivos:

• Compreender que a maneira que podemos lidar com as decepções e frustrações da vida é trabalhar para o bem do outro.
• Viver cada dia como se fosse uma grande oportunidade de experimentar a vida em sua plenitude.
• Ter esperança de que um dia desfrutaremos da presença constante de Deus.


Desenvolvimento do estudo

1. Um dos grandes desafios para a vida de todo o ser humano é compreender os altos e baixos de sua existência, é entender qual a razão de estar aqui e o motivo de sua vida. Muitos têm procurado psicó1ogos, religiões e muitos outros caminhos para entender o sentido e o porquê de sua vida. Na verdade, o que existe em nosso tempo é um grande vazio, por isso, as pessoas têm se ocupado e se preocupado demais com coisas que têm gerado muitas atividades, contudo, a maioria delas sem sentido. Isso tem levado muitos servos e servas de Deus a acharem que suas vidas estão sem sentido e vazias, apesar do grande número de atividades que eles têm desenvolvido.
Em nosso tempo, as pessoas não têm esperança, mesmo aquelas que se encontram com o maior número de atividades em nossas igrejas, muitas vezes, perdem a esperança de uma vida melhor, por causa das suas frustrações.

2. Tema de hoje:

EZEQUIEL: A ESPERANÇA DA PRESENÇA CONSTANTE DE DEUS

3. No estudo de hoje, capítulos 47-48, é uma chamada à esperança, a entender que o Senhor não está alheio às frustrações e problemas de nossa vida. Estes capítulos falam sobre o motivo que deve impulsionar cada um de nossos passos, em cada um de nossos dias de vida.

4. Ezequiel 47.7-9 :

• Estes dois versículos falam sobre a visão que Ezequiel tem de um rio, a partir do qual sempre existirá comida, alimento. As águas deste rio purificarão as águas impuras onde não há vida. Algumas traduções traduzem assim o versículo 7: “Estas águas saem para a região oriental, e descem à campina, e entram no Mar Morto, cujas águas ficarão saudáveis”.
• A idéia destes versículos é que, pela presença do Senhor neste lugar, a vida será constante, pois não haverá necessidade e a morte será revertida em vida.
• O texto, também, nos mostra que, apesar das dificuldades desta vida, podemos caminhar de cabeça erguida, pois está separado para nós um lugar onde não haverá preocupações, nem ansiedade e nem medo,

5.Como estamos reagindo diante de nossas ansiedades e preocupações?

6. Ler Ezequiel 47.22,23 :

• Nestes versículos, Ezequiel nos mostra que a terra, onde há sempre vida, é uma terra para todos.
• Ezequiel demonstra que o direito à vida e a sua realização em toda a sua plenitude é para todos. A idéia de “estrangeiro” é para aqueles que não faziam parte do povo judeu, mas que agora, nesta terra de vida plena e feliz, todos seriam um só, sem distinção, pois todos poderiam desfrutar do direito à vida e a terra,

7. Aplicação para os nossos dias:

a) Exemplos sobre a desigualdade social que existe em nosso país. (Vivemos num país onde os bens permanecem nas mãos de uns poucos e a força de trabalho é cada vez mais explorada para produzir mais e ganhar menos. O mercado de trabalho, devido às suas especificações e especializações, está cada vez mais difícil, as atividades são específicas demais e a atualização é uma necessidade para todo aquele que quer permanecer no mercado de trabalho. O mercado vê as pessoas por suas capacidades de produção, sem levar em conta as deficiências de educação e oportunidades das pessoas, fruto de um processo de descaso de nossos governos e elites econômicas.)
b) O que a igreja pode fazer para que as pessoas possam desfrutar da dignidade de uma vida justa.

8. A esperança de uma vida justa e igualitária lá nos céus deve começar aqui, onde a igreja age para o bem da sociedade na qual ela está inserida. Este trabalho depende de cada um de nós, de nosso engajamento em atividades que colaborem para curar o homem de suas feridas emocionais, espirituais e físicas.

9. Ler Ezequiel 48,35: este último versículo de Ezequiel é um apelo à esperança da presença constante de Deus. O Senhor será presença constante na cidade santa.

10. Aplicação para os nossos dias: Que ensino este versículo tem que pode torná-lo mais feliz?

11. A presença constante do Senhor em nossa vida deve servir de base para que possamos desfrutar de uma existência de qualidade, que começa aqui e nunca mais terminará, pois viveremos eternamente com o Senhor. Essa presença começa aqui, por meio de uma vida de comunhão com o Senhor e com o próximo, mediante atitudes que demonstrem um desapego aos bens desta vida nos fazendo pessoas livres para compartilhar com as alegrias e tristezas um dos outros.
Ezequiel nos estimula a ter esperança.

12.Temos sentido a presença constante do Senhor? O que temos feito para experimentar a vida em sua plenitude?

Para terminar:

Somos desafiados a viver cada dia como se fosse uma grande oportunidade de experimentar a vida em sua plenitude, procurando, por meio das experiências de amor, compaixão e solidariedade, ajudar as pessoas ao nosso redor.

Fonte: Revista EBD (Edição do Professor 3.º Tri/07)